Tratamentos Térmicos dos Perfis de Alumínio

Solubilização Formal

Como foi mencionado anteriormente, a solubilização é realizada diretamente na boca da prensa no processo de produção com o controle minucioso de algumas variáveis. Há, no entanto alguns tipos de perfis que não atingem ou impossibilitam a obtenção do resultado esperado na solubilização na prensa por uma série de fatores que vai desde a concepção do perfil ao tipo de liga utilizada.

Nestes casos recorre-se a solubilização em fornos com sistema de resfriamento brusco, processo conhecido como solubilização formal.

 

Envelhecimento (ageing)

Para se obter propriedades mecânicas adequadas nas barras, estas são submetidas a um tratamento térmico chamado “envelhecimento”. O envelhecimento é realizado em fornos elétricos após a solubilização na prensa ou solubilização formal. Este tratamento faz com que os compostos intermetálicos endurecedores de liga, entre eles o Mg2Si, precipitem fazendo com que material adquira as propriedades exigidas em norma.

O tratamento de envelhecimento consiste em uma combinação de tempo e temperatura em que o material é submetido no forno (podem variar entre 3 h à 12H e 150°C a 285°C para o grupo de ligas as série 6XXX). O tempo e a temperatura poderão variar de acordo com o tipo de liga e as propriedades mecânicas que se deseja no produto.

Dependendo da aplicação do perfil este pode ser comercializado sem o tratamento de envelhecimento, onde resistência mecânica e outras propriedades não são exigidas pelo cliente.


Recozimento (annealing)

É um tratamento térmico em temperatura elevada destinado a reduzir a dureza de um determinado material, eliminando as tensões resultantes do processo de transformação plástica ou pelo efeito de tratamento térmico anterior.

 

Recozimento Parcial

É um tratamento térmico em temperatura elevada no qual se deseja melhorar as propriedades mecânicas do material de maneira controlada.


Principais Defeitos em Produtos Extrudados

. Bolhas – Área abaulada da superfície de um produto extrudado devido a expansão de gás abaixo da superfície. Isto pode ocorrer durante a extrusão ou tratamento térmico.

. Furos – Resultado da ruptura de uma bolha.

. Falta de Retilineidade – Curvatura longitudinal das barras extrudadas.

. Matriz Quebrada – Ausência de certa porção do perfil decorrente da quebra de parte da matriz.

. Rebarba – Arestas finas ou área rugosa deixada pela serra.

. Trepidação – Superfície não uniforme por linhas intermitentes ou ranhuras perpendiculares na direção de extrusão.

. Planicidade – Refere-se ao desvio superficial da secção transversal que deveria ser plana. Planicidade pode ser afetada por condições tais como desempenho da matriz, efeitos térmicos e estiramento.

. Corrosão – Deterioração do material por ataque químico.

. Mancha d’água – Oxidação superficial com filme de água na ausência de circulação de ar mantido entre duas superfícies. Estas manchas podem variar de brancas ao preto.

. Riscos – Depressão ou saliência longitudinal formada na superfície do material extrudado ou trefilado. Os riscos diferem das linhas de matriz pela profundidade dos sulcos, os riscos são mais profundos.

. Mancha hot spot – Manchas cinza escuro ou preta que aparecem após anodização. Estas áreas são usualmente associadas com baixa dureza e precipitados grosseiros de magnésio e silício causado pelo resfriamento não uniformes após a extrusão.

. Pick-up – Marca causada por material estranho na barra extrudada. Pode ser proveniente do tarugo ou do processo. Aparece após anodizado.

. Rugosidade – Conjunto de riscos.

. Casca de Laranja – Textura rugosa no perfil extrudado que lembra uma casca de laranja. Aparece geralmente após o esticamento da barra extrudada ou após deformação plástica da barra.

. Cinta – Marca transversal na barra.

. Emendas – Em perfis é uma linha visível ao redor de toda a secção do perfil e perpendicular ao comprimento. Semelhante a cinta.

Em vergalhões não é possível sua identificação visual, somente através de ataques químicos ou utilização de ultrassom.

. Faixa – Faixa estreita paralela a direção de extrusão. Pode ser revelada durante a extrusão ou subseqüente acabamento.

. Amassamento – Desvio ao longo da barra que deforma o perfil. Pode ser originário de falhas no processo, manuseio inadequado e choques durante o processo.

. Arrancamento – Superfície danificada das barras como se partes do perfil estivessem sendo arrancadas.

. Torção – Deformação curva a partir do comprimento, variando angularmente a posição do perfil ao longo da barra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *