Como funciona anodização de alumínio e quais os resultados?

  1. Anodizacao Aluminio Hyspex

Você já parou para pensar por quais tipos de tratamento as peças metálicas que você usa no dia-a-dia passaram durante o processo de fabricação? A anodização de alumínio é um desses recursos, que há décadas, é muito usado pelas indústrias. Então, saiba mais sobre esse procedimento, como ele funciona e quais são os resultados que ele proporciona às peças e perfis de aluminio.

O que é anodização de alumínio?

A anodização de alumínio é um processo eletroquímico que tem como objetivo a formação de uma camada de óxido na superfície do metal. Esse filme formado proporciona a estabilização da superfície, a proteção contra agentes externos e ainda funciona como um isolante elétrico. Importante dizer que a anodização em alumínio não altera o peso nem as dimensões do material.

Para que serve a anodização?

A camada formada na superfície do metal, através da anodização, serve para proteger o alumínio da oxidação, da corrosão, aumentar sua resistência a riscos e prolongar a sua vida útil. O processo de anodização ainda pode ser feito visando a estética, já que podem ser adicionados pigmentos com cores para tingimento das peças.

 

Como é feito o processo de anodização?

Primeiramente, o perfil de alumínio é submergido em uma solução eletrolítica juntamente com o catodo, que é peça é feita com material condutor que não reage com o banho. No processo de anodização, a corrente elétrica passa pela solução ácida e libera o hidrogênio e formas de oxigênio do catodo. Essa reação forma um filme na superfície do metal.

Durante o procedimento ocorre a formação de uma camada porosa de óxido no alumínio anodizado, que pode ser até 100 vezes maior do que a que se formaria naturalmente no metal.

 

Mas, para o acabamento da peça, é preciso realizar um processo chamado de selagem, a fim de fechar os poros formados. O óxido, então, reage com água quente misturada com algum produto químico, como o acetato de níquel, diminui sua densidade e, assim, fecha os poros.

Quais são os tipos de anodização em alumínio?

Existem seis tipos de anodização em alumínio. Veja quais são:

Anodização brilhante: Muito usada em bens de consumo, esse procedimento é resultante da ação combinada de tratamento mecânico, químico, ou de sua combinação, sobre a superfície do alumínio para aumentar a sua refletividade.

Anodização fosca: Também chamada de “acetinada”, ela resulta de ação controlada de um tratamento mecânico/químico agressivo sobre a superfície do metal, deixando-a mais opaca.

Anodização com fins arquitetônicos e construção civil: É realizada através de um tratamento químico agressivo sobre a superfície do alumínio. Nela, a aparência e o aspecto visual são valorizados, mas o que prevalece são as características protetoras contra o desgaste e a corrosão.

Anodização dura: Voltada às indústrias técnicas, é feita sob condições de processos especiais, para produzir uma película espessa e dura de óxido de alumínio, com o objetivo de oferecer alta resistência à corrosão e à abrasão.

Anodização colorida eletrolítica: Processo de coloração da camada anódica, feita em solução eletrolítica de sais metálicos, depositados no fundo dos poros através do uso de corrente alternada.

Anodização colorida por corante: A coloração da camada anódica é realizada por meio de imersão das peças anodizadas em solução contendo corantes orgânicos ou inorgânicos. Com este tipo de acabamento é possível atingir toda a gama de cores, mas o tingimento é menos resistente.

Gostou de conhecer a anodização de alumínio? Se quiser saber mais sobre o assunto e como a Hyspex pode te ajudar, entre em contato conosco.

 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *